Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul

Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul
A Biblioteca Pública foi criada em 1871 no antigo prédio do Liceu Dom Afonso.

Esse prédio em que está sediada atualmente é de 1912, projeto de Affonso Hebert. O projeto da estrutura, com a ampliação dos fundos finalizou em 1921.
 Em 1922 foi inaugurada com todo o luxo da decoração do interior. Mármores, pinturas e esculturas. As paredes internas são decoradas com pinturas decorativos de Fernando Schlater, esculturas de mármore e bronze de Alfred Adloff, Euardo de Sá e Giuseppe Gaudenzi. Cada espaço com um estilo diferente.


A fachada tem estilo eclético, com bustos de vultos positivistas. O acervo bibliográfico é muito rico, com obras raras. Ali acontece muitos eventos culturais, em destaque para os recitais de música de câmara.



Inacreditável, mas na década de 50 as ricas pinturas murais de muitas salas foram apagadas com tinta por cima!  Na década de 60  o Salão Mourisco e o Egípcio tiveram restaurações desastradas. Na década de 70 muitos móveis foram transferidos para o Palácio Piratini. Em 2007 passou por reformas na infraestrutura. A biblioteca ficou oito anos na Casa de Cultura Mario Quintana, com grande acerto de títulos, a volta ao prédio histórico aconteceu no final de 2015.



Por baixo da tinta neutra riquíssimas pinturas!


Salão Mourisco

Detalhes do Salão Egípcio





A inauguração do imponente prédio foi um acontecimento muito importante para a cidade, na época Borges de Medeiros era o presidente do estado. Muitas pessoas ilustres compareceram, bem como estrangeiros representando governos da Inglaterra, França, Alemanha, Portugal, Itália, Estados Unidos, Argentina e Uruguai.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parque Nacional das Montanhas de Wicklow

Fazenda Angolana

Jardim Botânico